South Park: Maior, Melhor e Sem Cortes


South Park: Bigger, Longer & Uncut (no Brasil: South Park: Maior, Melhor e Sem Cortes; em Portugal: South Park - O Filme) é um filme norte-americano de 1999 de animação, musical, e humor negro. O longa é baseado na série de televisão animada South Park e foi produzido, co-escrito e estrelado por seus criadores Trey Parker e Matt Stone. O filme foi dirigido por Trey Parker e co-escrito por Pam Brady, e co-estrelado por Mary Kay Bergman e Isaac Hayes como Chef. Possui doze canções de Parker e Marc Shaiman com letras adicionais de Stone. O filme foi produzido pelo departamento de cinema da Comedy Central, distribuído pela Paramount Pictures nos Estados Unidos e pela Warner Bros. Pictures mundialmente.

Na animação, os quatro garotos de South Park vão ao cinema para verem um filme controverso e proibido para menores (por conter muitos palavrões), estrelados pelos comediantes canadenses Terrance e Phillip. Depois de verem ao polêmico filme, os meninos começam a falar vários palavrões sem parar e seus pais fazem pressão aos Estados Unidos para declararem guerra contra o Canadá por ter "corrompido" seus filhos. O filme também satiriza fortemente a Motion Picture Association of America, Parker e Stone lutou contra a associação em todo o processo de produção do filme, que recebeu a classificação "R" apenas duas semanas antes de seu lançamento.
Foi lançado nos cinemas norte-americanos em 30 de junho de 1999. No Brasil, o filme estreou um pouco mais de um ano depois, em 28 de agosto de 2000. O filme faturou mais de 83 milhões de dólares em todo o mundo nos cinemas, tornando-se um sucesso de bilheteria, considerando que foi produzido com um orçamento modesto de 21 milhões de dólares. O filme foi recebido positivamente pelos críticos, que apreciaram o humor, a sátira social e o comentário político. A canção "Blame Canada" rendeu a Parker e Marc Shaiman uma indicação ao Oscar de Melhor Canção Original em 1999.